Balanço



1 milhão de motocicletas

Por Redação AutoData

- 11/01/2019

São Paulo – A produção de motocicletas em 2018 chegou a 1 milhão 36 mil 846 unidades, alta de 17,4% com relação ao ano anterior, quando foram produzidas 882 mil 876 unidades, de acordo com os dados divulgados pela Abraciclo, associação que representa as fabricantes do setor de duas rodas.

 

Em entrevista à AutoData, em outubro, o presidente Marcos Fermanian ponderou que talvez esta meta fosse alcançada ainda em 2018, mas considerava ela mais realista para 2019. O mercado acabou surpreendendo o executivo e a indústria de motos retornou, enfim, aos sete dígitos.

 

Com relação às vendas no varejo, foram licenciadas 940 mil 108 motos, crescimento de 10,5% ante as 851 mil 13 unidades vendidas em 2017. “O resultado do ano é reflexo da retomada da confiança do consumidor, da recuperação econômica, do aumento da oferta de crédito e do grande número de lançamentos que as empresas fizeram”, disse Fermanian.

 

As exportações caíram 16,8%, chegando a 68 mil 73 unidades. O recuo é explicado pela crise no mercado argentino, principal destino das motos produzidas no Brasil, assim como aconteceu com o mercado de veículos.

 

Para esse ano, a projeção da Abraciclo é de produzir 1 milhão 80 mil unidades, alta de 4,2% na comparação com o ano passado e vender 998 mil motocicletas, crescimento de 6,2%. No caso das exportações, a projeção é de queda de 28%.

 

Foto: Divulgação.