NEWS



GM condiciona investimento na Argentina a imposto menor

08/10/2018

São Paulo – O presidente da General Motors Mercosul, Carlos Zarlenga, afirmou em entrevista à publicação argentina Ámbito Financeiro que a produção de um modelo novo na fábrica de Santa Fé, anunciada no fim do ano passado, só ocorrerá com a aprovação de uma proposta de redução de tributos, que tramita no Congresso há algum tempo.

 

“A decisão do novo investimento teve como premissa a eliminação dos impostos distorcivos e o avanço da lei de reforma fiscal.”

 

Em novembro a companhia anunciou investimento de US$ 500 milhões para o Projeto AVA, Alto Valor Agregado, que envolve a produção de um modelo com essas características na unidade onde hoje é produzido o Chevrolet Cruze e abastece, principalmente, o mercado brasileiro. Segundo Zarlenga os modelos conviverão na unidade.